The Buteler | Foto: Porfírio Menezes
Fonte JC São Paulo
null
Por demais auspiciosa a estréia de The Buteler, mais um defensor do Haras Belmont, da nova geração, que debuta de forma vitoriosa.Sob a condução segura de Antonio Mesquita e preparo nota 10 de Fabrício Azevedo, The Buteler, favorito do público apostador, venceu a versão B da Prova Especial Jayme Torres, impondo vantagem de 3 3/4 corpos sobre Kiwi Green Suite.

Quamquam finalizou em 3º (5 1/2), Forbes foi o 4º (6 1/2) e Amado Amigão completou o placar (15 3/4). A seguir Baruk do Jaguaretê (16 3/4), Veramente Buono (17 3/4) e Nogal (33 1/2). Os cronômetros registraram 1:25.36 para os 1.400 metros da pista de grama leve, cerca móvel à 11 metros.

The Buteler tem 2 anos, é filho de Pioneering e Siphonete Glory (Siphon), e foi criado por seu proprietário, o Haras Belmont Ltda.
__________________________________________________________________________________________________

Friends of Gold | Foto: Porfírio Menezes
Fonte JC de São Paulo

Sem dar chances para as adversárias, Friends Of Gold “largou e acabou” na Prova Especial Joaquim da Cunha Bueno, disputada esta tarde em Cidade Jardim.

Com Antonio Mesquita atuando de forma bastante confiante em seu dorso, Friends Of Gold, apresentada em estado irretocável por Antenor Menegolo Neto, chegou ao espelho com folga de 1 3/4 corpos sobre Kaindly Insane, no tempo de 1:25.45 para os 1.400 metros da pista de grama leve.

Quest for Honour arrematou em 3º (5 3/4), Kiss Me Now foi a 4ª (6 1/4) e Vecchia Signora deu números finais ao marcador (10 1/4). A seguir, Espumante Lady (21 1/2), Pedar de Birigui (29 1/2) e Signorina Prego (30 3/4).

Friends of Gold é uma 2 anos, filha de Vettori e Piace Molto (Gilded Time), de criação do Haras Old Friends Ltda e propriedade de Bet Gold Stud.
__________________________________________________________________________________________________

Com bom nível técnico, Prêmio Amazon fica com Tenossuh
Fonte JCB

Na prova de melhor índice técnico deste sábado, sete bons valores entraram na raia para disputar a vitória. Após 1.000 metros na sagrada grama do Hipódromo da Gávea, Tenossuh atropelou nos metros finais e conquistou o Prêmio Amazon, 1º páreo da sabatina do prado carioca. Com a condução precisa de W. Blandi, o animal cobriu a distância com o tempo de 55:33.

Partida boa para os produtos de 3 anos e mais idade inscritos na carreira. Vantagem para Capital Dubai, que pulou na frente logo nos primeiros metros. Bem próximo e guerreando com o ponteiro, Tenossuh seguia firme. Torpedaço também vinha em um bom ritmo e se colocou em terceiro. London Doc, El Bacan, John Song e, afastado e bem aberto, Gonden Bay tentava não se desgarrar do lote de trás.

Com a carreira curta, pouca coisa mudou nos metros seguintes ao pulo de partida. A decisão seria mesmo nos metros finais. Capitão Dubai apertou o ritmo. O “tordilhão” vinha com pinta de vencedor, após a partida dada pelo seu piloto (M. Gonçalves). H. Fernandes também chamou seu conduzido. Torpedaço, pelo canto de raia, abriu passagem. London Doc, neste momento, passou a aumentar o ritmo de forma alucinante. Com W. S. Cardoso em seu dorso, ele se apresentou tinindo para dominar a carreira. Mas, o dia era mesmo de Tenossuh, que metros antes já havia dominado o páreo com autoridade e deixado o então líder (Capitão Dubai) para trás. O ritmo se manteve e foi o suficiente para vencer a carreira. London Doc, Torpedaço, Capitão Dubai e El Bacan completaram o placar remunerado. John Song e Golden Bay chegaram logo depois.
Tenossuh foi preparado para esta boa carreira pelo treinador AD. Menegolo, pertence ao Haras Rio Iguassu e é de criação Haras Old Friends Ltda. Ele é um filho de Elusive Quality e Madour, por Hussonet.
__________________________________________________________________________________________________

Criação paranaense em destaque!
Dá-lhe Senadora, filha de É Do Sul e Spade (Wild Event), de criação e propriedade do Haras Clemente Moletta,
VENCE O Grande Prêmio Emerald Hill, por 14 de vantagem, em 1.400m na pista de areia, para potrancas de 2 anos.
Treinada por Marcos Decki (Curitiba/PR), Dá-lhe Senadora passa a contar com 3 vitórias em 3 corridas. Vencedora dos Clássicos Pres. Luiz Alves de Almeida (L) e da IV Copa São Paulo de Velocidade, Dá-lhe Senadora registrou 1:22.05 para a distância.null
Imagem: Marília Lemos