Terça-Feira | 09 / 02 / 2016 |

Eventos | Contatos

16/04/2010 - 20:59 | Deixar um comentário:

ALPACINO DI JOB venceu a Taça Leilão Internacional para machos

Na noite de hoje, foi realizada a “Taça Leilão Internacional 2007 -ACPCCP (Machos), no sétimo páreo da 531ª Reunião Turfística. A prova era destinada a potros de dois anos, em 1.300 metros, que estavam inscritos no Leilão Internacional do ano passado.

 Alpacino Di Job (Job Di Caroline  eForever Darling), de criação do Haras Curitibano e propriedade do Stud Senhor Moreno, levou a melhor. A primeira colocação foi bastante disputada entre Alpacino Di Job e Olympic Torrential, sendo que a vitória foi por apenas meia cabeça. Assiryus Di Job e Venal completaram a Quadrifeta. Em seguida chegaram: Kóbiri, Strom Fortune, Vivano, Bobby Neblina, Best Rapper, Dá-lhe Prospector e Volátil.

O treinador Ivo Oliveira, responsável por Alpacino Di Job, comentou a vitória. “A expectativa era muito boa, já que nós estamos sempre visando à vitória. Era um páreo difícil, mas conseguimos o resultado positivo”.

O tempo do páreo foi de 1:22”1, em pista de areia seca.

Alpacino Di Job venceu a Taça Leilão Internacional 2007 para machos.

Alpacino Di Job venceu a Taça Leilão Internacional 2007 para machos.

Foto da vitória.

Foto da vitória.

Entrega dos troféus ao proprietário (Stud Senhor Moreno), ao criador (Haras Curitibano), ao treinador (I. Oliveira) e ao jóquei (W. Blandi).

Entrega dos troféus ao proprietário (Stud Senhor Moreno), ao criador (Haras Curitibano), ao treinador (I. Oliveira) e ao jóquei (W. Blandi).

DÁ-LHE IMPERATRIZ venceu a Taça Leilão Internacional 2007 para fêmeas

Na noite de hoje, foi realizada a “Taça Leilão Internacional 2007 -ACPCCP (Fêmeas), no sexto páreo da 531ª Reunião Turfística. A prova era destinada a potrancas de dois anos, em 1.300 metros, que estavam inscritas no Leilão Internacional do ano passado.

 Dá-lhe Imperatriz (Put It Back e Omnicolor), de criação e propriedade do Haras Clemente Moletta, confirmou o favoritismo e venceu com ampla vantagem. Eakins chegou em seguida, conquistando a segunda colocação. Sib Ale e Sib Dreams completaram a Quadrifeta. Em seguida chegaram: Só Alegria, Vigília, Serenata, Xylon, Body Blue, Zangarva e Danivia.

O tempo do páreo foi de 1:22”5, em pista de areia seca.

Chegada da vencedora Dá-lhe Imperatriz.

Chegada da vencedora Dá-lhe Imperatriz.

Foto da vitória.

Foto da vitória.

Foram entregues os troféus ao criador e proprietário de Dá-lhe Imperatriz, Clemente Moletta (Haras Clemente Moletta), ao jóquei L. Chimenes e ao treinador M. V. Lanza.

Foram entregues os troféus ao criador e proprietário de Dá-lhe Imperatriz, Clemente Moletta (Haras Clemente Moletta), ao jóquei L. Chimenes e ao treinador M. V. Lanza.

TATAMOVITCH venceu o “Derby Paranaense”

No início da noite de hoje, foi corrido o “Derby Paranaense”, a 3ª Prova da Tríplice Coroa, no quinto páreo da 531ª Reunião Turfística. O páreo era destinado a produtos de 3 anos, em 2.000 metros.

 Jusjurandum e Jeu de Mots, venceram a 1ª Coroa e a 2ª, respectivamente, e eram os favoritos para vencer a terceira prova.

Porém, Tatamovitch (Vision And Verse e Kanaka), de criação e propriedade do Haras Cifra, atropelou na reta final e venceu com grande vantagem. O proprietário do animal, Alexandre Frare, comentou a vitória de seu crioulo. “Tatamovitch sempre fez ótimos trabalhos, estava apenas demorando para confirmar. A vitória era esperada”, diz Frare.

A ordem de chegada foi: Tatamovitch em primeiro, Jusjurandum em segundo, Urso Branco completando a Trifeta. A seguir Brilhante Mineral, Real Estate e Jeu de Mots. O tempo do páreo foi de 2:10”8, pista areia seca.

 

Chegada de Tatamovitch, vencedor do "Derby Paranaense".

Chegada de Tatamovitch, vencedor do "Derby Paranaense".

 

Foto da vitória.

Foto da vitória.

 

O presidente do JCPR, Roberto Hasemann, o Diretor da Sede do JCPR, Victório Macanhan Neto, o Diretor Administrativo, Ricardo Cwikla e o Diretor do Hipódromo do JCPR, Dawson Guimarães, realizaram a entrega dos troféus ao proprietário e criador de Tatamovitch, Alexandre Frare (representando o Haras Cifra), ao jóquei I. Santana e ao treinador A. A. Farias.

O presidente do JCPR, Roberto Hasemann, o Diretor da Sede do JCPR, Victório Macanhan Neto, o Diretor Administrativo, Ricardo Cwikla e o Diretor do Hipódromo do JCPR, Dawson Guimarães, realizaram a entrega dos troféus ao proprietário e criador de Tatamovitch, Alexandre Frare (Haras Cifra), ao jóquei I. Santana e ao treinador A. A. Farias.

13/04/2010 - 10:02 | Deixar um comentário:

PREMIAÇÕES – Reunião 530ª – 09/04/2010

Na última Reunião, o Jockey Club do Paraná dedicou sete páreos em homenagem ao Dia do Jornalista, comemorado em 07 de abril. Os prêmios foram intitulados: “Jornalista Vinicius Coelho dos Santos”, “Jornalista Rosy de Sá Cardoso”, “Jornalista Luiz Geraldo Mazza”, “Jornalista Milton Ivan Heller”, “Jornalista Haraton Cezar Maravalhas”, “Sindicado dos Jornalistas Profissionais do Paraná” e “Dia dos Jornalistas – 07 de Abril”.

Vinicius Coelho é um dos jornalistas esportivos mais reconhecidos do Paraná, famoso por seus textos sobre o futebol. Ele nunca escreveu sobre turfe, mas revela que frequentava com a família o JCPR, quando este ainda se encontrava em outro endereço. “Muitas vezes eu acompanhei meus familiares no Hipódromo do Guabirotuba. Gosto muito do ambiente que o JCPR oferece”, conta. Para ele, a homenagem foi uma surpresa satisfatória. “É uma forma que o Jockey encontrou de valorizar o trabalho do jornalista, e me sinto orgulhoso por estar entre os nomes dos homenageados”, diz.

Já Rosy Cardoso, freqüentava o Jockey Club quando iniciou a carreira como colunista social. “O Grande Prêmio é um evento social. Fui muitas vezes ao GP Brasil, representando a imprensa paranaense”, relembra. Rosy foi a única mulher entre os jornalistas homenageados. “Fico honrada com a lembrança do Jockey. Fui a primeira jornalista mulher registrada no Paraná, e na época em que o JCPR inaugurou o Hipódromo do Tarumã, eu possuía apenas sete anos de profissão”, diz.

Confira abaixo a entrega dos prêmios:

a

4º Páreo: DÁ-LHE ÉDOSUL: O jornalista Vinicius Coelho fez a entrega do prêmio ao proprietário do Haras Clemente Moletta, o Conselheiro do JCPR, Clemente Moletta. Vinicius recebeu uma homenagem do Vice-presidente do JCPR, João Gross Filho, na presença do Diretor de Comunicação e Marketing do JCPR, Guilherme Ronconi.

a

5º Páreo: TATAME: A jornalista Rosy de Sá Cardoso fez a entrega do troféu ao representante do Haras Santa Maria de Araras, o treinador Luiz Roberto Feltran. Rosy recebeu uma homenagem do Vice-presidente do JCPR, João Gross Filho, na presença do Diretor de Comunicação e Marketing do JCPR, Guilherme Ronconi.

a

6º Páreo: SERRANO BRILHANTE: A jornalista Juanilde Muxfeldt representou o homenageado Luiz Geraldo Mazza e fez a entrega do prêmio ao representante do proprietário do Haras Chiodelli, o Diretor de Comunicação e Marketing do JCPR, Guilherme Ronconi. Juanilde recebeu uma homenagem do Diretor de Sede do JCPR, Victorio Macanham Neto.

a

7º Páreo: EMILY: A jornalista Juanilde Muxfeldt representou o homenageado Milton Ivan Heller e fez a entrega do prêmio ao representante do proprietário do Stud Chesapeake, o Diretor de Sede do JCPR, Victorio Macanham Neto.

a

8º Páreo: BELO MORGADO: A jornalista e Assessora de Imprensa do JCPR, Rhuana Ramos, representou o homenageado Haraton Maravalhas e fez a entrega do prêmio ao representante do proprietário do Mohammad Al Hebsi Stud, o Diretor de Sede do JCPR, Victorio Macanham Neto.

a

9º Páreo: IMAGE OF CORD: O jornalista do jornal O Estado do Paraná, Roger Pereira, representou o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná e entregou o troféu ao representante do proprietário Stud Galope, o treinador Marcus Vinicius Lanza.

a

10º Páreo: DECLÍNIO: O jornalista do jornal O Estado do Paraná, João Alceu, entregou o troféu referente ao Prêmio Dia dos Jornalistas ao representante da proprietária Daniele Cristina de Souza, Ênio Viechnieski.

Desenvolvido por Tera Port - Tecnologia Empresarial